tecnologia

parcerias que exploram o potencial tecnológico

Chevron employee working in a virtual environment

Para a Chevron Brasil, a tecnologia desempenha um papel importante, ajudando a fornecer energia confiável e acessível e estimulando o progresso humano e o crescimento econômico.  

Ela nos porpociona o acesso a dados e informações para maximizar a recuperação de recursos, melhorar a eficiência operacional e a recuperação de recursos mais críticos dos campos existentes bem como descobrir e comercializar com eficiência novos campos de petróleo e gás em águas profundas e formações mais complexas.

Ela também nos ajuda a integrar dados e informações permitindo-nos deste modo, gerenciar e desenvolver os nossos ativos de maneira eficiente e reduzir possíveis impactos ambientais.

Nós usamos esta tecnologia não só para ajudar o Brasil a  desenvolver os seus vastos recursos energéticos, mas também  para apoiar a capacitação da indústria e avanços tenológicos. À medida que a transformação digital ganha terreno, a Chevron está focada na aplicação de ciência de dados, tecnologias preditivas, automação de fluxo de trabalho e robótica para melhorar a segurança e confiabilidade das operações.

resource icon

Você sabia?

O mundo produziu até hoje mais de um trilhão de barris de petróleo. Nos próximos 30 anos, estima-se que o mundo precisará de mais um trilhão. Com essa estimativa de demanda, será necessário produzir energia a partir de recursos convencionais e não convencionais, conhecidos tecnicamente como mais complexos.

Ao longo dos anos, a Chevron investiu, por meio de parcerias estabelecidas com algumas das maiores universidades brasileiras*, em diversos projetos de pesquisa e desenvolvimento (P&D) apoiando o:

  •  Mapeamento da fauna na costa brasileira;
  • Estudo dos possíveis impactos ambientais da exploração de petróleo; e
  •  Desenvolvimento de tecnologia e software para melhor entender a formação geológica das diferentes bacias do país.   

*Parcerias foram estabelecidas com as seguintes instituições: a Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Universidade Federal Fluminense (UFF), Universidade de Brasília (UNB), Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

energy efficiency greenhouse gas (GHG) icon

Você sabia?

A implementação de projetos de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) no Brasil está vinculada ao volume de produção e supervisionada pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). A cláusula de P&D estabelece que os concessionários devem realizar despesas qualificadas como pesquisa e desenvolvimento em valor correspondente a 1% (um por cento) da receita bruta da produção dos campos que pagam Participação Especial.